BARRAS, PALMITOS E CERCADURAS

Esta semana entreguei todas as réplicas dos azulejos que fiz para a fachada de um edifício antigo, futuro hotel, no centro de Lisboa – no total, foram quase 300 unidades que irão colmatar as lacunas existentes na parede, divididas entre padronagens, esponjados, frisos, cercaduras, barras, palmitos, albarradas e ainda com tonalidades, dimensões e técnicas diferentes.

Ficaram bem, aqui na oficina. Tenho a certeza que lá, na parede, ainda vão estar melhor – vejo depois, quando por ali passar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s