Recta final

P1120622

 

Entrei na recta final da manufactura das réplicas para o Arco do Alhambra, no Palácio da Pena. Depois de fazer inúmeras experiências de cores de vidrados e tintas, tive de me forçar a decidir por algumas delas e arriscar-me a vidrar e pintar alguns azulejos, não fosse ficar aqui ad aeternum em busca de um tom que agora é um bocadinho mais verde limão e depois leva mais 0,3% de M702 e afinal também ainda mais um grama de manganês; mas diluído em 15ml e não em 30, como tinha feito antes – felizmente o prazo de entrega foi antecipado e de repente fiquei com cerca de uma semana a menos do que aquilo que eu estava a contar.

Estive então a vidrar as chacotas das parras e das videiras. Aparentemente este processo não é assim tão linear como aquele a que eu estou habituada; uma vez que não se tratam de azulejos lisos, tive alguma dificuldade em perceber qual a espessura ideal do vidrado a aplicar – se mais fino, comportando-se melhor nas zonas relevadas mas ficando careca sobre o fundo; se mais espesso, cobrindo perfeitamente o fundo, mas com o risco de ficar com demasiada camada na zona do relevo, o que poderá traduzir-se em abertura de gretas ou fendilhamento das cores aquando da cozedura.

Agora falta a pintura. Amanhã, se tudo correr bem, ficam os 20 prontos a irem para o forno. E depois só faltam as Panóplias Militares – que têm cores completamente diferentes destes.

Espreite também em

Tardoz.pt

Facebook.com

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s