SALA DOS GESSOS

Hoje à tarde fomos visitar a Sala dos Gessos, na Antiga Fundição de Cima. Estão lá vários modelos em gesso de algumas estátuas de Lisboa e é lá, também, que está o modelo original, esculpido pelo próprio Machado de Castro e que serviu para fazer o molde da estátua equestre de D. José I, em bronze, que está na Praça do Comércio. Graças a esta visita – adorei, aquele espaço é incrível! – fiquei a saber algumas curiosidades que desconhecia: a Rua do Museu de Artilharia, por exemplo,  que sobe atrás do Museu Militar, só existe porque foi aberta para a estátua poder passar e que foram fundidas vinte e duas toneladas de bronze, as quais – salvo o erro – demoraram cerca de sete minutos e cinquenta e três segundos a serem vertidas, continuamente, para dentro do molde. E que foram precisos três dias para levar a estátua desde Alfama até à Praça do Comércio e que na descida iam quatrocentas pessoas, homens e mulheres, a agarrá-la com cordas e que essas pessoas receberam almoços nesses dias.

Fiquei a saber, também, que a Sala dos Gessos não está aberta normalmente, mas que pode ser visitada se se pedir no Museu Militar. E talvez lá volte.

Anúncios

3 thoughts on “SALA DOS GESSOS

  1. E no Museu Militar estava ou está ainda o carro construído de propósito para levar a estátua (diz o pai)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s