BARALHADA

Confesso que estou a ficar baralhada com as previsões meteorológicas. Aproveitando a deixa que hoje iria chover – o que me pareceu normal, depois do dia de ontem -, avisei a minha equipa para ninguém ir para o Museu Militar e fui, carregada com o meu guarda-chuva, ver um trabalho para o qual fui contactada. Trata-se de uma pequena fachada em azulejos, a precisar de restauro, num pequeno prédio lisboeta, a precisar de uma pequena intervenção – enfim, um trabalho à minha escala.

São agora três da tarde e ainda não choveu, o que me deixa levemente enervada. Digo a mim mesma que tomei a melhor opção em ter parado o trabalho por hoje, que os painéis estariam todos molhados à mesma; mas a verdade é que estas paragens desorganizam a minha metodologia de trabalho com os meus colegas. Bom, para já, posso começar a fazer este novo orçamento, que convém entregar o mais rapidamente possível. E para amanhã, amanhã se verá.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s