PIGMENTOS

Comecei a fazer a reintegração cromática dos preenchimentos dos azulejos da Igreja da Lousã. Estou a utilizar pigmentos aglutinados em Paraloid-B72, o que é sempre um trabalho moroso. Como os azulejos não vão ser reassentes com argamassa tradicional, podemos já ir avançando com esta tarefa, uma vez que não terão de ir para dentro de água. A ideia é despachar o trabalho o mais possível aqui na oficina, para depois, lá na Lousã, só nos termos de preocupar com os retoques finais, já com os azulejos na parede.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s