VERMEER

Nesta feira não me apanharam desprevenida! Era para ir vestida à época? Então lá fui! Bom… não sei se seria bem medieval, mas pelo menos era qualquer coisa que se assemelhasse… De um lençol velho fiz uma saia e uma touca, o avental é o que uso aqui na oficina e depois foi só ver o que é que tinha guardado lá para casa… Não ficou mal. Disseram-me que eu parecia «A leiteira», do Vermeer. É possível, é possível; não me tinha ocorrido, mas provavelmente estava no meu subconsciente quando pensei nisto. Obviamente, nunca iria vestida com um fato de cortesã, que essas não vendiam nada nas feiras e teriam, certamente, umas mãos mais cuidadas do que as minhas… E em boa verdade se diga que teria ganho mais dinheiro a posar para as fotografias, tal foi a quantidade de gente que me fotografou e que até posou comigo… Para a próxima vou pensar nisso!

Anúncios

6 thoughts on “VERMEER

  1. Bem, o Vermeer se te visse, encaixotava logo a leiteira dele, que, por sinal, não é nada feia, mas não tem o teu sorriso bem-disposto. Ganhaste aos pontos. E para a próxima cobra um tanto por fotografia, que, pelo que me foi dado ver, te vai ajudar a “engordar o saco”.

  2. Que linda, digna do Vermeer. Entretanto quer queiras quer não o teu blog já anda a passear no FaceBook porque todos os teus amigos o divulgaram lá. Portanto vê lá se aderes.

    • Ui! Estou a ver que não me escapo ao facebook… Tenho de te cravar um tempinho, entre fraldas e noites mal dormidas, para me explicares como é que isso funciona. Nestas coisas sou completamente medieval…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s